4 problemas financeiros comuns em startups e como resolvê-los

Aos poucos, o mundo corporativo foi estigmatizando o perfil do empreendedor de startup como sendo um jovem sonhador extremamente criativo, sem nenhum conhecimento ou habilidade para a gestão. Com esse estigma, veio também o senso comum de que eles provocavam os mesmos problemas financeiros em startups.

Mas a realidade não é bem essa. Além de existir diversos tipos de perfis empreendedores, os problemas financeiros mais comuns também podem mudar conforme o processo de abertura da empresa, forma de gestão e até mercado de atuação.

Nesse contexto, no post de hoje, reunimos os principais problemas financeiros em startups. Apesar de comuns, eles podem passar despercebidos pelo gestor e, no longo prazo, causarem impactos irreversíveis para a saúde financeira da empresa. Acompanhe!

1. Pagar altos tributos que poderiam ser abatidos

A carga tributária brasileira é muito alta, mas as empresas podem se enquadrar em leis e benefícios fiscais que podem diminuir os custos com taxas e impostos. Sem esse cuidado, o serviço ou produto oferecido muitas vezes terá um preço final elevado, inviabilizando a projeção comercial no mercado.

Para tanto, auditorias e consultorias contábeis ou empresariais podem ser fundamentais. Com suas especializações na área, elas podem identificar tais possibilidades de redução de tributos, além de também formatar todo o processo para que você os conquiste.

2. Contestações de ex-sócios por falta de cláusulas claras no contrato

O processo de abertura de uma empresa já foi mais complicado, mas até hoje deve ser seguido com critério. Assim, você garante que está tomando todos os procedimentos legais de abertura.

Um dos itens da abertura do negócio que pode gerar problemas ainda maiores no futuro é a elaboração do contrato social. Alguns empreendedores iniciam seus negócios sem adotar um contrato social formal, enquanto outros escolhem um modelo padrão, muitas vezes copiado de outros negócios ou da internet.

Entretanto, é fundamental que o contrato social seja elaborado especificamente para seu modelo de negócio. Todas as suas particularidades devem ser previstas, como a divisão de poderes de decisão entre sócios, cliff (perda do direito societário), dever de confidencialidade e não-competição por tempo determinado, por exemplo.

3. Subestimar o impacto de uma perícia contábil

Uma perícia contábil pode identificar fontes de custos desnecessários para a empresa, que podem ser reduzidos, ou alguma não-conformidade financeira que pode gerar multas aplicadas pelos órgãos reguladores.

Ou seja, ela permite que a empresa tenha maior controle e uma visão mais ampla sobre seus custos, o que nem sempre é possível apenas com o conhecimento do gestor. O resultado pode ser determinante para a estratégia e política de preços, gestão de estoque de matéria-prima e até negociações com fornecedores e prestadores de serviço.

4. Não investir na gestão de risco

Uma startup pode ser ainda mais frágil frente às instabilidades do mercado, tanto por seu porte reduzido quanto pelo caráter de inovação do produto ou serviço oferecido. Com isso, é preciso criar uma gestão de riscos para garantir sua longevidade.

Por meio de processos bem elaborados, que permitam prevenir ou identificar previamente possíveis contingências financeiras, a gestão de riscos permitirá que a empresa continue agressiva em sua inserção no mercado sem comprometer sua estabilidade financeira.

Com uma boa gestão de riscos, é possível mitigar os riscos e os efeitos para a empresa de, por exemplo, um pagamento antecipado de empréstimo bancário. Quais serão os possíveis efeitos de reduzir o capital de giro, em relação aos benefícios de antecipar o pagamento do empréstimo e deixar de pagar os juros bancários? A gestão de riscos analisará isso para você.

Viu só? Existem diversos problemas financeiros em startups, e eles nem sempre são facilmente identificados. Portanto, é fundamental conhecê-los e evitar que eles tragam sérias consequências para a empresa. Você percebeu algum problema na sua gestão a partir das informações deste post? Tem outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário e conte tudo pra gente!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.