Como saber que sua empresa não vai bem?

A gestão de um novo negócio pode esbarrar em algumas dificuldades nos primeiros anos de funcionamento. Na maioria dos casos, quando se lança um novo negócio ou serviço, você está muito entusiasmado e motivado para que o seu negócio alcance sucesso e se destaque no mercado. Mas infelizmente, após algum tempo trabalhando no seu negócio, pode acontecer que os resultados que você espera não apareçam exatamente daquela forma. No entanto, pode não ser fácil perceber alguns sinais que o seu negócio pode estar à beira da falência. Por isso, preparamos este post para facilitar a análise da conjuntura de sua empresa. Assim, descubra alguns sinais para identificar que a sua empresa não vai bem.

Falta de liquidez

Um dos sinais que anunciam mais claramente que algo não está funcionando como esperado é a falta de liquidez. Em muitos casos, antes de abrir a empresa, o seu proprietário tem planos de investir constantemente na empresa, mas com o tempo acaba não investindo na empresa de uma maneira adequada. A falta de liquidez surge porque não há sincronização entre o dinheiro que deixa a empresa e o dinheiro que entra.

Para evitar isso, em parte, não se deve ter todo o capital investido na empresa de uma só vez, mas manter uma parte substancial para se utilizar quando necessário. E, é claro, se torna imprescindível não esgotar todo o crédito disponível, porque sempre pode acontecer algum problema inesperado, e talvez essa seja a única maneira de contorná-lo.

Diminuição do número de clientes

Se os clientes estão mais espaçados e você observa uma nítida queda no movimento, algo pode estar começando a falhar. Se a queda no consumo do serviço ou produto que você oferece continua em baixa por um longo período, o sinal torna-se ainda mais evidente e preocupante. Isto pode ser devido a um mau atendimento ao cliente ou a uma má seleção de pessoal. Para que um negócio ou empresa vá bem, o capital humano é essencial: um mau empregado pode arruinar um negócio. Para que essa situação seja minimizada, é fundamental se investir em treinamento de pessoal e focar na motivação para que seus funcionários trabalhem da melhor forma possível.

Excesso de mercadorias em estoque

Um estoque enorme e sem renovação pode significar que as vendas caíram drasticamente, sendo um sinal claro de uma má situação financeira se acumula. Os donos de empresas são muitas vezes levados a ter produtos demais no estoque, mas o importante é observar as necessidades do consumidor. Se o estoque não reflete as necessidades do gosto ou do mercado, ele nunca vai ser vendido e pode refletir em perdas para a empresa. Para evitar isso é necessário focar nas necessidades do cliente e obter somente os produtos que de fato vendem. Para isso é necessário um exame atento do mercado e talvez seja necessária uma reavaliação do mix de produtos oferecidos pela empresa.

Caso a sua empresa apresente algum sinal de que não vai mesmo muito bem, tente mudar o rumo das coisas antes que seja tarde demais, até mesmo considerando fechar a sua empresa. Estar atento ao seu negócio é a melhor maneira de fazê-lo prosperar e se manter competitivo no mercado. E então? Gostaria de comentar mais sobre o assunto? Ficou com alguma dúvida? Deixe aqui o seu comentário e participe da conversa!

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.