4 dicas para criar o capital de giro adequado para sua empresa

Embora nem chegue a ser conhecimento da maior parte dos empreendedores quando iniciam um negócio, o capital de giro é uma das principais causas de mortalidade dos negócios. Não somente negócios mais novos, mas também aqueles que já estejam consolidados no mercado também podem sofrer bastante em consequência de um mau gerenciamento de capital de giro — ou até mesmo da falta de gerenciamento dele.

A seguir, veja 4 dias para criar o capital de giro adequado para a sua empresa, identificando conceitos e boas práticas. Acompanhe!

1- Entenda o que é o capital de giro

É aquela parcela de recursos financeiros que deve estar disponível para os gestores aplicarem nas atividades principais. Não se trata de comprar estoques de matéria-prima, por exemplo, e não necessitar de mais dinheiro.

Imaginemos que você realize a venda a prazo de todo o seu estoque. Se você não tiver mais dinheiro em caixa — o capital de giro — não poderá produzir mais, pois o seu cliente ainda não te pagou. A não ser que você possa comprar a prazo, sua produção ficará parada e você precisará de endividamento para continuar.

2- Faça do capital de giro uma prioridade

Passe a organizar melhor seu estoque, pois estoque mal organizado é sinônimo de capital de giro gerenciado de forma inadequada. Identifique seus gastos do dia-a-dia e tente fazer com que os prazos médios de recebimentos de vendas a prazo fiquem parecidos com os prazos médios de pagamentos de compras a prazo.

Se estes prazos forem muito diferentes, ou seja, se você der muito prazo para seus clientes te pagarem e não obtiver muito prazo para pagar a seus fornecedores, em pouco tempo você precisará de auxílio bancário para ajustar as finanças.

3. Entenda suas necessidades

A partir do momento que você identificar todos os gastos de sua empresa, aqueles de curto prazo e que fazem com que os negócios girem de maneira confortável, você estará muito perto de ajustar o capital de giro de acordo com suas necessidades.

Se pouco capital de giro pode significar que os negócios estão em um mau caminho por causa do endividamento futuro, capital de giro sobrando também significa má gestão, pois você poderia investir essa sobra em outras frentes do seu negócio, ganhando clientes ou novos mercados.

4- Avalie as peculiaridades do seu negócio

O primeiro passo para conseguir criar um capital de giro adequado é avaliar todas as despesas e custos de seu negócio. O segundo é identificar o potencial de vendas que seu negócio possui. Ele representa o outro lado das despesas. Afinal, se você já sabe quanto te custa vender, precisa saber o quanto de dinheiro você consegue gerar como consequência disso.

O controle do fluxo de caixa vai desde o primeiro contato com o cliente até o recebimento do dinheiro. Com isso identificado, um capital de giro adequado para seu negócio deve suprir as necessidades básicas de três meses de suas despesas, devendo ser revisto, no mínimo, duas vezes ao ano.

O capital de giro é muito importante para qualquer empresa e sempre deverá ser uma preocupação dos gestores, seja em negócios que estão começando ou em grandes empresas.

E você, já passou por algum problema em seu negócio decorrente da gestão equivocada do capital de giro? Compartilhe sua experiência nos comentários abaixo!

 

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.