Startup: 6 dicas contábeis que são a chave do sucesso

Mentes criativas e sedentas para revolucionar o mercado são visionárias. Desejam tirar do papel seus projetos e rapidamente obter ganhos financeiros e sociais sem precedentes. Essa urgência e certeza do potencial de seus projetos fazem com que a maioria dos empreendedores inicie seus negócios esquecendo de uma regra básica dos negócios sustentáveis: a contabilidade para startups.

Reunimos neste post algumas dicas de contábeis que não só cumprirão as obrigações legais de controle financeiro, impostos e arrecadações, mas também ajudarão seus empreendedores nas tomadas de decisões estratégicas que levarão ao sucesso.

Saiba registrar e administrar seus incentivos e financiamentos

As startups recebem financiamentos privados ou recorrem a editais de incentivos à produção criativa para viabilizar seus protótipos e tocar o negócio.

Esses processos são metódicos e exigem não só a apresentação da ideia inovadora, mas também como o projeto poderá ser viabilizado.

Obviamente, depois de ter aprovação do recurso em processos tão detalhados, o controle financeiro dos gastos deverá ser regularmente reportado para os Fundos de Investimentos responsáveis pelos incentivos ou Instituições que lançaram o Edital ganho.

Saber registrar notas fiscais, movimentação de valores, fontes distintas de recursos financeiros, pagamento de impostos pode tirar o foco criativo dos empreendedores. Por isso, terceirizar a contabilidade para startup pode ser uma boa estratégia para não interferir no aspecto inventivo da equipe.

Encontre possíveis falhas na gestão financeira

Ao consultar o demonstrativo mensal das contas e o fluxo de caixa é possível comparar com meses anteriores, e identificar e corrigir possíveis fontes de desperdício ou mau uso do recurso disponível.

É preciso lembrar que esta é uma ação que faz parte da rotina das grandes empresas, e para uma startup ter um crescimento estável e sem intercorrências, é preciso adotar uma rotina de análise contábil também.

Não deixe de registrar pequenos gastos

Seja para tirar xerox ou enviar um Sedex para alguma Entidade Reguladora aprovar o protótipo do projeto, todos os pequenos gastos devem ter nota fiscal e serem registrados contabilmente. Apesar de pequenos, sua somatória pode representar um percentual grande nos custos da empresa, e se não informados, podem alterar cálculos do custo para fabricação do produto, por exemplo.

Por isso a contabilidade para startups não deve ser ignorada. Um erro do cálculo financeiro pode inviabilizar a comercialização de um produto.

Nunca misture gastos pessoais na contabilidade da startup

Erro fatal e comum quando a contabilidade não é levada a sério. O empreendedor utiliza sua conta bancária pessoal para receber e enviar valores referentes ao projeto ou gasta do caixa da startup para uso próprio com a promessa de reposição.

Misturar gastos pessoais com os gastos da empresa também podem trazer sérias consequências para a saúde financeira do projeto, além de não dar credibilidade para parceiros que percebam que as transações estão sendo feitas através das contas pessoais dos sócios.

Registre corretamente todos os funcionários envolvidos no projeto

A contabilidade também faz o controle de funcionários e contabiliza impostos e deduções necessárias em seus salários. Para um correto controle contábil, os empreendedores que trabalham na empresa também devem estar corretamente registrados no escopo do projeto e também legalmente.

Isso previne futuros problemas trabalhistas também e pode ser um fator determinante para perder recursos de Entidades Públicas de Incentivo.

Tenha um contrato social personalizado

O contrato social deve ser assinado e ter a firma reconhecida em cartório. Isso significa que não só o percentual societário tem significância no contrato, mas todas as suas cláusulas, que não podem ser contestadas futuramente em juízo.

Por isso a importância de um profissional contábil para assessorar na formatação deste importante documento.

Quando um empreendedor decide concretizar seu projeto, nem sempre ele imagina que precisará lidar com informações sobre questões trabalhistas e contabilidade para startups. Mas isso não deve ser motivo para desânimo, afinal de contas uma startup não se trata de apenas um projeto incubado, mas sim de uma futura grande empresa, que precisa ter todos os órgãos internos que solidificam e sustentam o sucesso do empreendimento.

Você tem dificuldade para fazer a contabilidade da sua empresa? Registra todos os gastos, por menores que sejam? Compartilhe nos comentários!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.