5 dicas para gerenciar melhor seu estoque

em

hardware store worker counting stockUm controle malfeito dos produtos estocados expõe o seu negócio a inúmeros riscos. Pode-se ficar sem produtos em períodos cruciais de demanda no mercado, por exemplo, o que faz com que seus clientes busquem os serviços da concorrência. Outro ponto negativo é calcular mal a quantidade de itens a serem adquiridos com os fornecedores, deixando seu estoque parado e grande parte de seu capital imobilizado.

Isso sem falar nos gastos a mais para comportar itens que ocupam mais espaço e consomem mais recursos de manutenção, além de desvios e ocasionais furtos, visto que você não sabe ao certo quantas mercadorias tem no acervo. Que tal fugir de todas essas falhas e aprender dicas para gerenciar melhor seu estoque? Acompanhe nosso post e descubra como!

Separe suas mercadorias por categorias e padrões

Se você separar áreas específicas para cada tipo de produto, vai facilitar o fluxo dos artigos em seu inventário e promover a melhor circulação de seus funcionários para a busca por produtos determinados. Também vai evitar que os itens sejam cadastrados mais de uma vez e eliminar redundâncias. Uma ótima padronização vai consolidar o saldo dos seus artigos nas descrições adequadas.

Estabeleça zoneamentos

Divida seu estoque em zonas e determine um funcionário ou grupo de funcionários por cada uma dessas áreas. Assim, cada qual cuidará de sua área, e você saberá a quem recorrer no caso de dúvidas, necessidades ou falhas.

Raciocine conforme a cobertura dos itens

Planejar sua reposição de mercadorias segundo a cobertura é mais eficiente do que fazê-lo de acordo com a quantidade exata de itens. Mas o que é cobertura? Esta métrica significa o saldo dos produtos dividido por sua demanda diária. Assim, você deve se preocupar mais com o item que tem 2 dias de estoque do que com aquele que possui 20 dias de estoque. Quando houver calculado todas as coberturas de seu estoque, organize as mercadorias da menor para a maior cobertura.

Faça o saneamento de seu inventário

É importante que sua equipe avalie os itens que estão obsoletos, chegando perto da validade ou com pouca movimentação dentro de seu estoque. A periodicidade, é claro, varia segundo a atividade que sua empresa desempenha. Mas a partir da ciência do que ocorre no inventário, você poderá criar estratégias promocionais, fazer doações ou tomar outras iniciativas a fim de liberar seus depósitos para novos produtos e não gastar mais com o que tem tido pouca saída.

Automatize a sua gestão de estoque

Aposte nos benefícios que um software de gestão de estoque poderá trazer para sua empresa. Além de acelerar as operações de registro e controle, ele vai lhe conferir dados mais confiáveis e facilitar a integração com outros setores do negócio. Desse modo, você ficará ciente sobre a quantidade correta de itens que você tem estocados e vai tomar melhores decisões de compra e reposição, conforme as demandas do mercado, em tempo real.

Se você não fizer um ótimo monitoramento de seu inventário pode ser desastroso para o seu negócio e para a saúde financeira de sua empresa. O que você tem feito para aperfeiçoar sua gestão de estoque? Consegue se planejar e manter um bom controle dele? Deixe seu comentário contando pra gente!

 

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.